Pavlova com "lemon curd" saudável e "fit" ("low sugar"; "low carb"; "low fat"; sem glutén)

 (Healthy low sugar Pavlova)

Feita tradicionalmente com uma base de merengue, crocante por fora e macio por dentro, recheada com chantilly e decorada com frutas, esta é uma sobremesa criada em homenagem à bailarina russa Anna Pavlova numa visita à Austrália.
Apesar de feita no forno, o merengue, é uma sobremesa fresca e muito apetecível nos dias quentes.
A minha experiencia com ela era quase nenhuma. Muito tem que ver com o facto de ser uma sobremesa carregadíssima de açúcar, e também não surgia oportunidade de pensar em mudar isso.
Claro que tendo um blogue e gostando eu tanto de experimentar coisas novas, quis criar uma receita que se adapta-se á minha alimentação e á de tantos outros como eu.
Naturalmente que pesquisei. Pesquisei mesmo muito, li enumeras receitas até ao ponto de me confundir em tanta semelhança! É que não variam muito umas das outras, são apenas pequenos pormenores.
 Selecionei 3 receitas para me inspirar. É mais fácil do que ter uma quantidade enorme de receitas abertas. Dessas 3 receitas resultaram 2 experiências que, apesar de deliciosas, não estavam perfeitas. Para que me entendam, estavam muito boas de sabor mas não apresentáveis num blogue como eu quero o meu.
Hoje vou mostrara-vos não só a receita final, como também a receita dessas "Pavlovas imperfeitas".
Antes disso, há que falar sobre a minha receita final.

Uma Pavlova tradicional tem, para 4 claras de ovos, entre 200 a 250g de açúcar, variando de receita para receita. Incrível, não é? Eu fico a pensar como é que eu já comi tal quantidade de açúcar numa única fatia de bolo… Enfim, são fases da vida. Eu reduzi esta quantidade para menos de metade e ainda fiz com dois tipos de açúcar saudável diferente: com açúcar de coco e com açúcar mascavado. A primeira experiência foi com stevia em pó.
 Não fim disto tudo não consegui perceber qual a necessidade de todo aquele açúcar. Eu consegui o mesmo resultado. Digo-vos mais, fiz contas e, a cada fatia (se dividirem em 8 fatias) desta minha receita corresponde cerca de 2 e 1/2 colheres de chá de açúcar, o que me parece perfeitamente aceitável para um dia de festa.
Também não tem grandes truques, apenas um pouco de paciência, coisa que me faltou quando fiz com açúcar de coco: não estava bem batida.
Para substituir o tradicional chantilly usei apenas queijo quark adoçado com stevia liquido e aromatizado com aroma de baunilha. Podem fazer mistura de iogurte grego com quark, podem fazer com mistura de iogurte com natas, enfim, acho que não é por aí o grande problema.
A seguir têm as receitas que fiz nas duas primeiras experiências.


1ª experiência:
Receita da Pavlova com merengue de stevia em pó e recheio/ cobertura de queijo quark + Lemon curd
Os ingredientes para o merengue foram: *4 claras de ovo á temperatura ambiente; *3 colheres de sopa de stevia em pó; *2 colher de sopa de amido de milho (maisena); *1 colher de chá de vinagre branco.
Aqueci o forno a 120ºC. Forrei o tabuleiro do forno com papel vegetal. Numa tigela bati as claras em castelo firme. Aos poucos fui adicionando a stevia em pó e bati mais um pouco. Retirei a batedeira e, cuidadosamente, envolvi o vinagre e a maisena peneirada. Dividi o preparo em duas partes e fiz 2 "discos" no papel vegetal. Logo que coloquei o tabuleiro no forno baixei para 100ºC e assou por 40 minutos. Deixei arrefecer dentro do forno com a porta entreaberta.
Na cobertura e recheio usei queijo quark adoçado com stevia líquido e Lemon curd que têm a receita em baixo.


2ª experiência:
Receita da Pavlova com merengue de açúcar de coco ou mascavado e sem amido de milho (maisena) com recheio/ cobertura de queijo quark

Os ingredientes para o merengue foram: *4 claras de ovo á temperatura ambiente; *1/2 caneca (125ml no copo medidor) de açúcar de coco ou mascavado; *1/2 colher de sopa de vinagre branco
Aqueci o forno a 160ºC. Forrei o tabuleiro com papel vegetal. Bati as claras em castelo firme. Aos poucos fui adicionando o açúcar batendo sempre até estar bem diluído. Este foi um dos passos que terei errado nesta experiência, não bati o suficiente e ainda havia grãos de açúcar livres no merengue. Retirei a batedeira e envolvi cuidadosamente o vinagre. Dividi o preparo em duas partes e fiz 2 "discos" no papel vegetal. Levei ao forno a assar por 55 minutos. Deixei arrefecer dentro do forno com a porta entreaberta.
Na cobertura e recheio usei queijo quark adoçado com stevia líquido, kiwi e frutos vermelhos.



Posto isto, vamos ao resultado final, que é como quem diz, á receita final e que ficou mesmo bem. 
Não posso deixar de dizer que podem usar qualquer tipo de açúcar entre açúcar de coco, mascavado, orgânico, no entanto, não funciona com mel ou outro tipo de ingredientes adoçantes líquidos. A receita feita com açúcar de coco também fica mais escuro como é normal e como podem ver nas fotos de cima. 
Tudo aquilo que considero indispensável para que a receita funcione bem está sublinhado.

Vão precisar de:
  • 4 claras de ovos á temperatura ambiente (usei 125ml de claras pasteurizadas que retirei do frigorifico 1 hora antes de bater)
  • 1/2 caneca (125 ml no copo medidor) de açúcar de coco ou açúcar mascavado*
  • 2 colheres de chá de amido de milho (maisena)**
  • 1 colher de chá de vinagre (5ml)
  • 1/2 colher de chá de aroma de baunilha (opcional)
*Corresponde a 100g de açúcar mascavado ou 85g de açúcar de coco.
**Corresponde a 5,5 gramas.

Cobertura
  • 300g de queijo fresco batido 0% mat. gorda (queijo quark) ou 100g de queijo quark e 200 de iogurte grego ou qualquer outra proporção que prefiram; também podem usar leite de coco sólido batido em chantilly ou natas batidas em chantilly
  • 1 e meia colher de sopa de ingrediente adoçante não granulado que prefiram (mel, agave, geleias/ xaropes adoçantes,...; usei stevia liquido)
Lemon curd:
  • 2 ovos
  • sumo e raspas de 1 limão pequeno
  • 3 colheres de sopa de ingrediente adoçante que prefiram (mel, agave, açúcar de coco, mascavado,...;usei stevia liquido)
  • 2 colheres de sopa de queijo fresco batido 0% mat. gorda (queijo quark) ou iogurte grego natural ou leite de coco sólido
Decoração com polpa de 3 maracujás frescos
Confeção:
Pus o forno a aquecer a 150ºC. Forrei o tabuleiro do forno com papel vegetal. Para quem nunca fez uma Pavlova, em hipótese alguma untem um tabuleiro, esta sobremesa é "anti-gordura".

Numa tigelinha misturei bem o açúcar com a maisena. Também medi o vinagre e o aroma de baunilha.


Bati as claras já á temperatura ambiente em castelo firme, começando com a batedeira na potencia baixa/ média e aos poucos passando para potencia máxima.
Quando já bem firmes e passando a batedeira novamente para potencia média, fui juntando a mistura de açúcar e maisena, uma colher de sopa de cada vez e batendo sempre cerca de 1 minuto (ou até se dissolver) entre cada adição. Parei de bater só quando deixei de sentir qualquer grão de açúcar. É um bocadinho demorado, mas têm de ter paciência, pois essa foi uma das falhas que tive na 2ª experiência.
Acrescentei o vinagre e a baunilha e bati só por 20 segundos (apenas para envolver).
Passei o merengue para o papel vegetal e dei-lhe a forma de disco. O meu ficou um bocadinho largo demais.
Levei ao forno a assar por 70 minutos. Por favor, em situação nenhuma abram o forno durante o tempo que estiver a assar nem alterem a temperatura do forno!
Deixei arrefecer por completo dentro do forno com a porta entreaberta.



Entretanto fiz o lemon curd.
Pus um tachinho com água ao lume. Numa tigela bati bem os ovos com o sumo de limão e o adoçante. Coloquei em cima do tacho (em banho maria) e deixei que engrossasse mexendo com frequência. Obtive um creme macio.
Deixei arrefecer 5 minutos, juntei o queijo quark, misturei e reservei no frigorifico até á hora de usar.
Também preparei a cobertura de queijo quark (queijo fresco batido 0% mat. gorda). Misturei, sem bater, o adoçante.

Quando a Pavlova já estava fria, espalhei o queijo quark, depois o lemon curd e finalmente decorei com polpa de maracujá.


Uma doce tentação…





Comentários