Mini cheesecakes de abóbora (versão saudável; feito com queijo quark; sem farinha, sem ovos, sem manteiga, sem glúten)

Quem me segue á mais tempo sabe que eu sou uma verdadeira fã de cheesecake. Eu adoro cheesecake! Se há sobremesa que me consola e dá prazer é o maravilhoso bolinho de queijo.
Já fiz inúmeros e dos mais variados sabores e também já tinha feito de abóbora, mas não me canso. Eu nunca me canso de fazer, de experimentar e de saborear um cheesecake.

O que já não é muito habitual é eu dar-me ao trabalho de fazer "coisinhas" pequenas que necessariamente demoram mais tempo e requerem mais cuidados.
Não foi o caso de hoje. Vou confessar que acordei inspirada. Tenho dias assim, apetece-me estar na cozinha, por norma ligo musica na cozinha (não tenho televisão lá!), e fico de volta das minhas sobremesas. Digo sobremesas e não dos meus "tachos", porque naturalmente não se faz jantar no fim de jantar...

Era para ir fazer bolachas de abobora com uma sobra de puré duma tarte que tinha feito à dias. Não me apetecia! Não me estava mesmo a apetecer nada fazer bolachas. Queria fazer algo que me entusiasmasse, que desse aquela "adrenalina". Sabem o que quero dizer?
Foi então que decidi pelo cheesecake. Mas só tinha meia embalagem de queijo creme e para mim bolo de queijo só tem sentido se for com queijo creme. A solução seria fazer individuais. Aqui estão eles.
Espero sinceramente que gostem. Eu não devia dizer estas coisas, mas tive a sensação que foi dos meus melhores bolinhos de queijo e acreditem que já fiz muitos!







Para 4 bolinhos feitos em ramequins ou em formas de "cupcakes":
Base
  • 8 a 10 tâmaras descaroçadas (sem hidratar)
  • 3/4 de caneca de miolo de noz (80 a 100g)
Recheio
  • 1/4 de caneca de puré de abobora (cerca de 300g de abóbora pesada com casca, cozida, triturada e escorrida de água; podem ver receita e fotos aqui)
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1 colher de café de noz moscada
  • 2 e meia folhas de gelatina
  • 100g de queijo creme (tipo filadélfia; usei magro)
  • 150g de queijo quark (pode ser leite de coco solido ou iogurte grego natural*)
  • 2 colheres de sopa de mel bem cheias ou de adoçante em pó ou mistura das duas coisas
Decoração:
  • 2 colheres de sopa de queijo quark (ou leite de coco sólido ou iogurte grego natural)
  • 1 colher de chá de mel
  • nozes q.b.
* Se usarem iogurte grego ou leite de coco, coloquem 3 folhas de gelatina

Nota: Podem fazer o cheesecake em forma de tarte. Terão de fazer em forma pequena de 20cm de diâmetro de fundo amovível e de dobrar os ingredientes. Toda a confeção é igual.

Confeção:
Já tinha o puré de abobora feito. Se não tiverem, devem começar por aí porque deve estar frio.
Comecei por fazer a base, colocando as tâmaras no processador de alimentos e triturando até ter uma massa em forma de bola (é um minuto). Reservei e fiz o mesmo ás nozes, triturando até estar em farinha grossa. Juntei a massa de tâmaras e voltei a triturar para envolver bem.





Cortei tiras de papel vegetal e círculos (os círculos são opcionais e só fiz em 2 para experimentar). Coloquei nos ramequins em cruz e por cima os círculos. Dividi a massa de noz e tâmaras e coloquei no fundo dos ramequins pressionando para fazer uma base e um bocadinho dos lados do ramequim. Reservei no frigorifico enquanto fiz o recheio.




Pus as folhas de gelatina a hidratar em água. Pus um copo com 20ml de água a aquecer no microondas. Quando as folhas já estavam moles, coloquei-as na água quente. Verti no puré de abobora, mexi e acrescentei a canela e a noz moscada.









Numa tigela misturei os queijo com o adoçante e mel (usei metade de cada; não se esqueçam de provar o vosso creme no fim para ver se está bom). Acrescentei a mistura de abobora e envolvi bem.


Dividi pelos ramequins.
Levei ao frigorifico durante a noite (6 horas no mínimo).

Para fazer o creme da decoração misturei numa tigelinha o queijo quark com o mel e reservei no frigorifico.
Desformei, deslocando 1º com uma faca as bordas do bolo e depois puxando com a ajuda das tiras de papel vegetal. Para retirar as tiras basta puxa-las com cuidado.


Dividi o creme da decoração por cima e "salpiquei" com nozes grosseiramente picadas.








Tão bom...

Comentários