Torta Snickers (saudável; "fit"; sem açúcar, sem farinha refinada; sem glúten)

Não sei se comece pela historia desta torta se comece pela minha própria história com tortas, que essa sim , é uma verdadeira historia e bem velhinha.
Vamos lá então. Tal como os crepes, as omeletes enroladas e tudo que tenha de ter algum jeito de "mão", eu sou uma autentica nulidade! Não sei porquê, mas pronto, Deus esqueceu-se de me provir desse precioso dom e ficou-se só pelo vontade. Sim, vontade. É que eu tenho imensa vontade de conseguir fazer bem essas tarefas e presentear a família e os meus seguidores com lindas tortas ou omeletes enroladas. A solução tem mesmo sido fazer receitas que facilitem. Basta que fiquem mais "elásticas" e já ajuda bastante😜

Hoje foi a vez de fazer uma receita de torta que me facilita-se esta difícil e ingrata tarefa de enrolar massas sem que se partam! Não, não foi á primeira, foi á segunda que a primeira cozeu demais e tive de diminuir a quantidade de claras.
A ideia veio do meu Pão de ló cremoso com chocolate e noz (saudável; sem açúcar nem farinha de trigo). Como já o fiz várias vezes, já me tinha apercebido que consigo mexer facilmente naquela massa quando ficava totalmente cozida. Claro que precisava de ajustes, isso era obvio, mas ia mesmo de encontro daquilo que eu pretendia: uma massa leve, idêntica a tortas de claras e fácil de manobrar.

E porque é que eu queria este tipo de massa e não uma idêntica aos Snickers? Bom, como devem saber a base dum Snicker é extremamente calórica. Ou melhor, num Snicker tudo é calórico! Uma fatia de torta não é assim tão pequena, pelo que convinha-me diminuir calorias na massa, já que no recheio e cobertura é impossível. Afinal de contas, não podia fazer torta de Snickers sem caramelo de manteiga de amendoim!
Resumindo, fiz uma massa leve e pouco calórica para compensar o recheio e cobertura, pois aí não há grandes hipóteses de mexer.
Falta-me falar da ideia de fazer uma  torta com este sabor. Já aqui vos disse que os meus filhos adoram snickers. A Camila adora manteiga de amendoim, o J. Pedro adora os próprios dos amendoins. Infelizmente este ferido de 25 de abril, tal como me parece que vão ser os próximos e até bem perto do mês de agosto, já que a Camila está em ano de exames nacionais, os meus filhos estiveram todo o dia a estudar. Eu, que já tinha pensado fazer-lhes um bolo com este sabor ou até os próprios dos Snickers, juntei o útil ao agradável, fui para a cozinha trabalhar na receita da massa de torta que queria elaborar e, quando ficou bem, fiz-lhe o recheio de forma a dar o gosto aos meus filhos.
Vão precisar de :
(medida da caneca que usei é de 250ml)
  • 200g de tâmaras secas*
  • 30ml de leite (o que quiserem)
  • 2 ovos + 4 claras ou 120ml de claras pasteurizadas
  • 1 caneca (250ml no copo medidor) de farinha de aveia ou outra que prefiram (podem, por exemplo, triturar em farinha flocos de aveia sem glúten se necessário)
  • 1 colher de sopa de amido de milho (maisena) ou polvilho doce
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 1/2 caneca (125ml no copo medidor) de manteiga de amendoim
  • 100g de amendoins torrados ao natural
  • 100g de chocolate preto (usei 75% cacau)
  • 1 colher de sopa de óleo de coco ou azeite ou manteiga
  • 3 e 1/2 colheres de sopa de café ou descafeinado (tipo bica) ou simplesmente água morna
* Para substituir as tâmaras, na massa e no recheio, é 1/2 caneca (125ml no copo medidor) em cada.

Confeção:
Pus as tâmaras a demolhar em 200ml de água quente por 5 minutos. Triturei com a varinha mágica até ter um creme e acrescentei o leite. Misturei e reservei.
Obtive cerca de 360ml de creme de tâmaras. Desta quantidade, 160ml vão para a massa da torta e 200 para o recheio.
Pus o forno a aquecer a 180ºC. Forrei e untei um tabuleiro ( usei um de 36 por 23cm)
Pus os ovos e as claras numa tigela e bati com a batedeira em potencia máxima por cerca de 5 minutos, até ter um espécie de creme, líquido e esbranquiçado.
Aos poucos e sem desligar a batedeira, juntei 160ml de creme de tâmaras. Bati bem até estar bem misturado.
Misturei bem os secos: farinha, amido de milho e fermento.
Aos poucos envolvi no preparado de ovos.
Verti sobre o tabuleiro e levei ao forno por 13 minutos.





Nesse tempo, verti o restante creme de tâmaras para uma tigela e bati bem com a manteiga de amendoim. Também parti os amendoins em pedacinhos.
Retirei a massa do tabuleiro puxando o papel vegetal, cobri com o caramelo de tâmara e manteiga de amendoim, espalhei os amendoins (reservei alguns para a decoração) e enrolei com a ajuda do papel vegetal. Mantive enrolado no papel vegetal até arrefecer um pouco e a cobertura estar pronta.



 


Para a cobertura, pus o chocolate a derreter em banho maria com o óleo de coco. Quando já bem cremoso, juntei o café. Vão ver que ele fica numa textura perfeita para barrar e não aconselho a fazer alterações em relação ao que indiquei.

Passei o rolo para a travessa e barrei com o creme de chocolate. Decorei com os amendoins reservados.
Notas: De forma nenhuma pode ultrapassar os 15 minutos!!!
Se usarem um tabuleiro mais largo que o meu reduzam para 12 minutos de forno.
Não coloquem no forno sem estar á temperatura certa.






 Tão bom...





Comentários