Ovos escalfados em cama de batata doce


Quando os filhos crescem, diz-se que começam a voar, que saem debaixo das nossas saias, que vão á vida deles, enfim, um sem numero de expressões que usamos para dizer que temos de nos habituar a vê-los longe de casa, sair da rotina, vê-los em novas experiencias.
Já me aconteceu com o meu filho mais velho, o J. Pedro, e agora é a vez da Camila. Sempre "metida" em novos projetos, sempre á procura de novas experiências e mais conhecimento, está já na fase de fazer muitas refeições fora de casa. De que me queixo eu? De nada, afinal de contas fui eu que sempre os motivei para irem, sem medos, á procura de tudo que lhes possa trazer mais valias.
Depois de 2 anos de faculdade em Lisboa em que o J. Pedro vinha todos os fins de semana a casa, este 3º ano passo semanas seguidas sem o ver. Um projeto de construção de carros na faculdade tira-lhe muito do tempo que antes tinha para a família e amigos daqui. Sei que está no mundo dele, a fazer o que mais gosta, e isso trás grande alento.
Já a camila, que está no 11º ano, pela segunda vez participou num concurso que lhe dá acesso a ir ao parlamento europeu. Muitas alegrias já me deu este concurso, pois tive o privilégio de ver o meu filho como deputado europeu por um dia, no âmbito da iniciativa parlamento jovem europeu. Agora é a vez da Camila, que também já foi a Bruxelas á comissão europeia através dum concurso parecido, e ontem foi fazer o questionário para ir a Estrasburgo.
Não é fácil, requer estudo e dedicação, mas eles sabem que compensa e que são experiências únicas na vida deles.
Tudo isto para vos dizer que cada vez mais aparecem aqui no blogue refeições para dois. Eu fico com a sensação estranha de ter os tachos maiores lá para o fundo do armário, que sem querer se vão encostando para lá. Eu, que detesto lavar loiça e ligava a maquina todos os dias, ás vezes duas vezes por dia, agora opto muitas vezes por lavar pequenas coisas á mão porque me fazem falta e não gosto de ligar a maquina incompleta.
Esta é uma refeição que eu adoro, que tenho um prazer imenso a comer, não só por ser saudável e equilibrada, mas principalmente pelo sabor simples mas incrível.
É tudo feito numa única frigideira e em meia!
Para 2 pessoas vão precisar de:
  • 1 cebola picada
  • 1 batata doce grande ou 2 pequenas cortada em cubinhos
  • 1/2 lata de tomate em pedaços ou 2 tomates frescos partidos em pedaços
  • 1 pimento verde e 1/2 vermelho (o vermelho é opcional)
  • 1 mãos cheia de espinafres baby
  • 3 ou 4 ovos (só pus 3 porque eu só como 1)
  • 1 colher de chá de tomilho seco, outra de alecrim, outra de massa de alho ou alho em pó e sal para temperar
  • azeite
Confeção:
(Sempre com o lume médio para que os diferentes legumes larguem liquido suficiente para cozinhar.) Pus uma frigideira larga ao lume com a cebola e azeite. Quando já estava mole, juntei a batata doce e o tomate. Deixei cozinhar um pouco enquanto parti os pimentos aos cubos. Acrescentei-os á frigideira, misturei e adicionei os temperos. Tapei e deixei cozinhar 5 minutos.


A batata doce já estava tenra (espetem um garfo; se ele entrar sem resistência, está boa) e adicionei os espinafres. Misturei-os para que murchem, abri espaços entre os legumes para colocar os ovos. Tapei e ficou pronto quando os ovos estavam brancos por cima.
Como dá para ver, 2 dos meus ovos rebentaram ao colocar. São coisas que acontecem e nada têm de mal.

Servi de imediato polvilhado com salsa picada.

Bom apetite!




Comentários