"Feijoada" de vitela com batata doce e milho

Aproveitamento de carne de vaca cozida


Todos nós temos aquelas sobras de carne estufada, assada ou cozida que não dá para toda a família fazer uma refeição conforme está e que temos de transformar. Lembro-me de quando era pequena a minha mãe fazer empadão que eu e as minhas irmãs adorávamos, ou massa á lavrador que era outra perdição, para não falar da feijoada que fazia da sobra do cozido á portuguesa. O curioso era mesmo que gostávamos mais destas refeições de aproveitamento do que a original.
Eu hoje em dia não faço exatamente o que a minha mãe fazia, embora considere que tudo que faz parte da gastronomia tradicional e mediterrânea é bom e deve ser conservado. Alguns pratos devem ser consumidos com moderação, mas não devemos esquece-los.
O que eu faço é uma aproximação a estes pratos tipicamente portugueses. Não tenho propriamente uma receita, faço de acordo com o que tenho em casa, seguindo apenas a ideia central desses pratos.
Aqui tinha uma sobra de carne de vitela cozida aromatizada que podem ver carregando aqui. Era da parte do bife, mais magra e fui buscar a ideia da feijoada. Não é uma feijoada tradicional mas também não é o que pretendo, apenas vou buscar a ideia central, os bons ingredientes duma qualquer feijoada, como o próprio feijão e a couve lombarda e depois acrescento de acordo com o que tiver em casa e acho que combina.

Vão precisar de:
  • Sobra de carne de vaca cozida ou assada (É sempre melhor cozinhar carne magra ou limpa de gorduras. Esta era do bife e tinha sido cozida de forma aromática, com gengibre e canela; podem usar sobras de carne assada, cozida ou estufada)
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 chávena de tomate em pedaços ou molho de tomate
  • salsa picada
  • 1/2 copo de vinho branco
  • 1/2 couve lombarda partida em juliana
  • 1 batata doce grande ou 2 médias
  • 1 lata de milho pequena escorrido
  • 1 lata de feijão preto pequena escorrido
  • queijo ralado (opcional)
  • sal e azeite

Confeção:
Num tacho largo coloquei a cebola e o alho com um fio de azeite e levei ao lume. Quando a cebola estava mole, acrescentei a couve, o tomate, salsa, sal e o vinho branco. Enquanto a couve "apanhou" o sabor do refogado e amoleceu (cerca de 10 minutos), descasquei a batata e cortei aos cubos.

Acrescentei a batata, retifiquei a quantidade de liquido (tinha pouco e acrescentei 1 chávena de água) e deixei cozinhar até a batata estar macia.
Juntei o feijão e o milho e misturei. Acrescentei a carne desfiada, deixei ferver mais uns minutos e está pronto.

Servi polvilhado com queijo ralado.

Bom apetite!





Comentários