Filetes de peixe gato riscado com molho de cogumelos e alho francês (feito com leite de coco)


Pode ser feito com qualquer tipo de filetes e também pode ser feito no forno em vez da frigideira como eu fiz. O resultado vos garanto que é absolutamente divinal e faz de uns simples e aborrecidos filetes, uma refeição sofisticada digna de qualquer ocasião especial.
A melhor parte é o costume, é saudável e faz-se num instantinho...

A primeira experiência que fiz deste molho de cogumelos foi com bifes de frango e até foi para pôr nas marmitas que mando todas as semanas para o meu filho J. pedro levar para Lisboa. Ele gostou e eu achei que era excelente para peixe, já que o leite de coco é o melhor ingrediente para os molhos de peixe.
Para 4 pessoas vão precisar de:
  • 4 filetes (800g) de peixe gato riscado (ou de outro peixe que prefiram)
  • 150g de cogumelos brancos frescos laminados
  • 1 alho francês grande partido ás rodelas
  • 5 colheres de sopa de leite de coco sólido (a lata de leite de coco deve estar no frigorifico para que a parte sólida esteja separa da liquida)
  • 4 colheres de chá de tempero para peixe da "Flor das Hortas" (este tempero combina alho, cebola, salsa, vinho e sal e é de excelente qualidade, muito prático para temperar peixe; se não tiverem é só temperar a gosto ou com os ingredientes que compõe o tempero que usei)
  • azeite
  • salsa picada para decorar
Confeção:
Descongelei o peixe e sequei-o bem com papel de cozinha. Temperei cada filete com 1 colher de chá do tempero que referi. Reservei para tomar o gosto.


Pus uma frigideira antiaderente ao lume untada com um fio de azeite. Quando quente, pus os filetes a grelhar, um a um para não me ser difícil de virar. É muito rápido, cerca de 3 minutos dum lado e mais 2 do outro. Passei para a travessa de servir. (Podem fazer no forno. Terão de colocar os filetes numa assadeira untada e levar ao forno quente cerca de 15 minutos).

A frigideira fica com muitos resíduos sólidos do peixe. Com uma espátula de plástico, retirei esses excessos. Não é nada difícil e não é preciso tirar tudo, porque queremos que o molho tenha os sulcos do peixe.
Voltei a pôr a frigideira ao lume com mais um fio de azeite para saltear os cogumelos. Quando eles já estavam a ficar murchos, juntei o alho francês. Deixei cozinhar em lume medio até o alho francês ficar tenro, não desfeito nem mole.



 Acrescentei o leite de coco e deixei o molho apurar. Verti sobre os filetes de servi polvilhado com salsa.




Bom apetite!



Comentários

  1. Bom dia. O tempero para peixe onde o compra?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compra-se em lojas de comercio tradicional. Sei que há no recheio e acho que também no pingo doce.

      Eliminar
  2. Bom dia,
    Há alguma razão para usar cogumelos enlatados?
    Por acaso tenho reparado que usa muito desses...
    Tenho ideia que os frescos são mais saudáveis...

    Obrigada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os frescos são naturalmente mais saudáveis. Acontece que eu vivo numa pequena vila e não tenho acesso a cogumelos frescos todos os dias. Não são um produto de grande durabilidade, logo, eu prefiro ter sempre em casa enlatado para quando preciso de dar um ar de graça uma refeição e comprar frescos apenas quando tenho destino já idealizado para eles.

      Eliminar

Enviar um comentário