"Frittata" de curgete e mozarela na frigideira (versão saudável)

Se a tortilha é uma omelete espanhola, uma "frittata" é uma omelete italiana. Para nós portugueses o que interessa é que seja bom! Somos um povo exigente😉😄
A frittata, de origem italiana, é como se fosse uma omelete, no entanto, difere dela em alguns aspetos. Muitos pensam que a omelete é portuguesa, mas não é, é francesa, originalmente feita numa frigideira e os seus recheios só são acrescentados após os ovos estarem cozidos. É toda feita no fogão e dobrada ao meio antes de ser servida. Algumas pessoas, na qual eu me incluo e estou mesmo no topo da lista, têm uma enorme dificuldade em fazer este ultimo passo, mas posso dizer-vos que tenho as minhas estratégias para não ficar mal na fotografia e até podem ver carregando👉 aqui a minha estratégia.
Voltando á frittata, esta é preparada numa frigideira mas servida em fatias, tal como as tortilhas espanholas. O recheio é refogado antes de acrescentar os ovos e o cozimento, que começa obrigatoriamente no fogão precisamente com o refogar do recheio, pode (ou não) terminar no forno.
Resumindo, o que mais diferencia a omelete da frittata é o momento da entrada dos recheios e a forma de serem servidas. Já o que diferência a frittata da tortilha espanhola é mesmo o tipo de recheio, já que sem batata não é tortilha!

Ora, eu hoje fiz uma fantástica frittata, uma receita da página "eatingwell". Não vi a receita, apenas um vídeo e adaptei aos ingredientes que tinha em casa. Na segunda feira passei no supermercado Lidl para comprar o meu queijo quark e vi que as embalagens de mini mozarela estavam em promoção. Aproveitei logo para comprar, até porque sou completamente doida por mozarela fresca, e logo lhe dei como destino uma pizza. Como não tive tempo para pizzas, acabou por sair o mesmo "conteúdo" mas no formato de fritttata.
Vamos á receita?
Para 8 fatias vão precisar de:
  • 1 cebola grande cortada em meias luas
  • 2 +1/2 colheres de sopa de azeite
  • 1 curgete pequena/média cortada em cubos pequenos 
  • 5 ovos + 3 claras (ou 8 ovos) (usei 100ml de claras pasteurizadas)
  • sal e orégãos secos (uso da Chaparral)
  • 4 tiras de pimento verde e vermelho*
  • 1/2 lata pequena de milho (opcional)
  • 100g de mozarela fresca (peso escorrido; usei bolinhas mini mozarela)
*Podem trocar por tomate também partido em pequenos pedaços ou tomate desidratado.

Confeção:
Pus a cebola com 2 colheres de sopa de azeite a refogar numa frigideira larga enquanto parti a curgete. Juntei-a assim que estava partida (não esperei que a cebola amolece por completo.
Numa frigideira pequena ao lado também pus a refogar o pimento partido em pedacinhos na 1/2 colher de sopa de azeite.
Deixei a cebola e a curgete cozinhar por 5 minutos, enquanto bati os ovos com as claras e os temperos (sal e orégãos).

Juntei o milho, verti os ovos sobre o refogado de curgete e, quando já estavam a ficar cozinhados por baixo, levantei em vários lados para que o ovo que está em cima cru escorra para baixo e cozinhe. Fiz esta operação várias vezes até quase não ter ovo cru em cima.
Parti as bolinhas de mozarela ao meio e espalhei por toda a frigideira. Também espalhei o pimento já cozinhado. Desliguei o lume, tapei e deixei descansar 5 minutos antes de servir.
Acompanhei com salada mista.





Bom apetite!




Comentários