Biscoitos (bolinhos) de amêndoa (saudáveis; integrais; sem açúcar; sem farinha; sem glúten; "low fat"; "fit")

Hoje dei por mim a pensar como nós, povos de um determinado local ou país, temos gostos gastronómicos tão parecidos, naturalmente influenciados pela genética e cultura. Estes biscoitos foram, provavelmente, os bolinhos que até hoje mais seguidores me pediram para fazer, logo após ter feitos os de canela. Tenho a sensação que não há ninguém que não goste de bolinhos de amêndoa e cá em casa não é exceção.
Comecei logo eu quando os estava a fazer. Já tinha o tabuleiro cheio e ainda havia massa para mais um na tigela. Claro que eu já a tinha provado um sem numero de vezes, não fosse eu uma provadora e rapadora profissional de massas cruas, formada desde a infância😉😂😂, mas não resisti e comi mesmo o que estava na tigela, á vontade uma colher de sopa bem cheia. Assim que os terminei de fazer, fotografei o tabuleiro mas tive logo de sair, pelo que deixei as fotografias de perfil para depois. O meu marido, sentiu o cheirinho deles na cozinha, e pediu-me se podia comer. É verdade, pediu! Desde que tenho o blogue ninguém come nada acabado de fazer sem perguntar se já foi fotografado. Preocupam-se mais do que eu própria!

Bom, mas vamos lá á receitinha. Eu então fiz o que me pediram, uma receita saudável destes adoráveis bolinhos. Fiz ao meu gosto, no sentido em que não usei farinha de amêndoa mas sim amêndoa triturada, que fica mais "rustico" e eu prefiro; também não acrescentei qualquer gordura, para mim não é necessário, as amêndoas já tem gordura que chegue e só ia estar a acrescentar calorias. É claro que não "estalam" como os que levam manteiga ou óleo, mas isso é o que já expliquei inúmeras vezes: o que faz qualquer cozinhado estalar, seja ele batatas fritas, pipocas ou bolachas são as gorduras polinsaturadas, principalmente as gorduras trans, que também são as piores. Eu prefiro comer um bolinho que não estale e ficar tranquila que não tem nada que me vá fazer mal. É preciso fazer escolhas em tudo na vida. Eu faço esta no que diz respeito á minha alimentação e da minha família. É claro que podem acrescentar, óleo de coco por exemplo, mas lembrem-se que são calorias que estão a acrescentar e não sabor.
Falta apenas dizer-vos que estes são bolinhos que, para além de facílimos de fazer, foi super mega rápido. Eu acho que em menos de 20 minutos estavam a entrar no forno.

Só falta mesmo falar de calorias. Como sabem os frutos secos são muito saudáveis mas também são muito calóricos. Mesmo não tendo colocado na minha receita a manteiga e o açúcar das receitas tradicionais, e até diminuído a quantidade de amêndoa em relação a grande parte das receitas, cada biscoito tem á volta de 70kcal. O que quer dizer que é para comer mas não é para abusar😉

Para 28 a 30 biscoitos vão precisar de:
  • 200g de tâmaras secas
  • 150ml de leite ou água (o que preferirem)
  • 2 canecas de flocos de aveia integrais e sem glúten se necessário (500ml no copo medidor; 200g) ou farinha de aveia ou de espelta
  • 1 caneca de amêndoas (250ml no copo medidor; 140g) ou 100g de farinha de amêndoa
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 2 ovos
  • 100ml de queijo fresco batido 0%mat. gorda (queijo quark) ou iogurte grego ou natas
  • 30 amêndoas para a decoração
Notas:
1. Estes biscoitos não estalam como os de compra ou os feitos com manteiga, já que não têm gorduras saturadas nem açúcar. Eu prefiro assim e comer tranquila. Se quiserem que os vossos bolinhos fiquem estaladiços basta acrescentar 100g de óleo de coco amolecido ou manteiga. Devem acrescentar aos líquidos durante a confeção.
2. Também podem acrescentar 2 colheres de sopa de farelo de aveia para ficarem mais integrais.
3. Pode ser feito com noz ou avelãs.

Confeção:
(fotos no fim)
  1. Descarocei as tâmaras e pus a demolhar num copo alto com o leite quente.
  2. Enquanto as tâmaras demolharam preparei os secos. Pus os flocos de aveia no processador de alimentos e triturei em farinha. Juntei as amêndoas e voltei a triturar em farinha. Adicionei o fermento e pulsei apenas para misturar. Se usarem as alternativas já trituradas é só misturar bem numa tigela.
  3. Com a varinha mágica fiz as tâmaras em puré. Passei para uma tigela grande e acrescentei os ovos e o queijo quark. Bati bem manualmente. Verti os secos e envolvi. Fica uma massa densa, mas não é moldável com as mãos.
  4. Pus o forno a aquecer a 180ºC. Forrei o tabuleiro do forno com papel vegetal.
  5. Com a ajuda duma colher de sopa fiz montinhos de massa. Achatei ligeiramente de forma a fazer o formato de biscoito. Coloquei uma amêndoa em cima e levei ao forno 20 a 25 minutos (até estarem douradinhos).
 







Que delicias!




Comentários