Nacos de vitela aromatizada de gengibre e canela com molho de amêndoa e passas

Parece carne assada mas na realidade é carne cozida. Não um cozido vulgar, mas sim um cozido aromatizado com gengibre e canela.
Esta foi uma refeição que eu já fiz inúmeras vezes cá em casa, principalmente em dias de festa. Lembro-me que a primeira foi num aniversario do meu marido. A razão da escolha é o facto de ter um sabor incrível, ficar extremamente macia, de tal forma que todos os convidados se surpreenderam e ser muito fácil de fazer para muitas pessoas. Não me ocupa tempo quase nenhum, porque ponho a carne a cozer e posso ir fazer outras coisas sem estar preocupada. Sei que não há perigo de queimar, de ficar seca, etc, todas as preocupações que os assados e grelhados nos dão.

Como já é habito, usei carne magra (da parte do bife) para fazer este prato, para evitar as gorduras da carne e também porque fica muito macia.





Esta receita já existe aqui no blogue, numa versão ligeiramente diferente, em que o molho foi feito com maça e passas. Fica aqui o link e uma foto.

Para 4 pessoas vão precisar de:
  • 1 kg de vitela (usei da parte do bife)
  • 1 cebola
  • 1 colher de sobremesa de gengibre ralado (de preferência fresco mas pode ser seco)
  • 5 paus de canela
  • folhas de louro (usei 1 raminho com cerca de 10 folhas no total)
  • sal
Para o molho:
  • 2 colher de sopa de manteiga de amendoim ou amêndoa (ou outra que preferiram)
  • 2 colheres de sopa de amêndoa laminada ou palitada
  • 2 colheres de sopa de passas
Se quiserem podem acrescentar outros frutos secos que gostem: pinhões, amêndoas ou nozes picadas, por exemplo.
Confeção:
Num tacho grande e largo coloquei 1/3 da capacidade de água ao lume temperada com sal. Deixei ferver e acrescentei a carne, a cebola partida em gomos, o gengibre e os paus de canela (se fizerem mais quantidade coloquem mais gengibre e canela sem medo; o aroma destas especiarias aqui é tudo).
Deixei cozer em lume baixo durante 1 hora e meia.


Para o molho, que não demora mais que 5 minutos a fazer, pus ao lume uma frigideira antiaderente com a manteiga de amendoim. Quando quente, acrescentei uma concha da água do cozido. Mexi bem até ter uma mistura homogénea. Acrescentei a amêndoa e as passa e misturei. Vão ver que ao começar a ferver o molho vai engrossando muito. É necessário ir sempre acrescentando conchas de água do cozido até termos uma quantidade de molho razoável e cremosa.






Passei os nacos de vitela para uma travessa e reguei com molho. Servi de imediato.
Bom apetite!


Comentários