"Folar de Rosas" de laranja, passas e noz (saudável; vegan; feito com farinha de espelta)



Este é o meu folar preferido, ou melhor, é o único folar que realmente gosto. Sinceramente, os outros parecem-me pão doce e para mim só servem para fazer boas e deliciosas torradas.
Cá me casa não é assim com todos. O meu marido e o meu filho mais velho adoram folar. Eu não costumo fazer. Que me lembre só tentei uma vez e nem correu nada mal, mas como há sempre pessoas a oferecer-nos eu não perco tempo com esta iguaria da Páscoa. Sim, os que oferecem são normais, ou seja, com açúcar, mas também ninguém morre por causa disso...

Este é de facto fantástico e enche-me as medidas. Já fiz no ano passado uma versão saudável, que ficou fantástica, e este ano ainda está melhor.
No ano passado recheei com puré de tâmaras, em vez do açúcar mascavado deste ano, e maça partida em pedacinhos na vez da noz e passas. Este ano está pouco doce, como eu acho que deve ser, pois reduzi bastante o açúcar do recheio, privilegiando a cobertura que lhe fiz.
Passando então á cobertura, fiz um bocadinho de caramelo sem deixar o açúcar de coco caramelizar, de modo a ficar mais clarinho.








Vão precisar de:
(medida da caneca é de 250ml)
Massa
  • 1/2 caneca (125ml) de leite (o que preferirem) + 2 colheres de sopa de água
  • 2 colheres de sopa de azeite ou óleo de coco derretido (usei 1 colher de cada)
  • 2 e 1/2 colheres de chá de fermento de padeiro em pó (medida de uma colher de chá é de 5ml; foto em baixo)
  • 1 colher de sopa de açúcar de coco ou mascavado
  • 1 pitada de sal
  • 1/2 caneca (125ml) de sumo de laranja (sumo de 2 laranjas)
  • 2 e 1/2 a 3 canecas de farinha de espelta
Recheio
  • 1 colher de sopa de óleo de coco derretido (ou azeite ou manteiga)
  • 2 a 3 colheres de sopa de açúcar de coco ou mascavado*
  • 1 colher de sopa de canela em pó*
  • raspas de meia laranja*
  • 1 mão cheia de noz picada
  • 1 mão cheia de passas
Cobertura de caramelo:
  • Receita para ver carregando👉aqui  Fiz apenas 25% e não deixei caramelizar, coloquei todos os ingredientes no tacho ao mesmo tempo (100ml de leite de coco + 1 e 1/2 colheres de sopa de açúcar de coco (ou mel)+ 1 colher de café de óleo de coco + 1 pitada de sal) e deixei ferver 15 minutos.
  • Podem apenas pincelar com mel ligeiramente aquecido para espalhar mais fácil e diluí-lo numa colher de café de azeite

* No ano passado fiz outro recheio que eu pessoalmente gosto mais. Este ano entendi fazer um mais tradicional, pois tinha intenção de aqui publicar. O que fiz no ano passado foi com puré de tâmaras, maça partida em pedacinhos e passas. Aconselho a experimentarem porque fica maravilhoso.
Com a quantidade de açúcar que coloquei no recheio fica pouco doce, conforme eu acho que deve ser um folar. Se pretenderem mais doce, acrescentem até ao máximo de 4 colheres de sopa de açúcar.
O próximo vai ser de chocolate. Vou substituir as nozes e passas por pepitas.

Confeção:
Pus o leite, a água, o azeite e o óleo de coco no copo de medição e levei ao microondas por cerca de 25 segundos. Deve ficar apenas morno, no máximo a 45ºC. Se estiver muito quente vai estragar o fermento!!!!
Retirei, passei para uma tigela grande e polvilhei o fermento. Deixei descansar 10 minutos. O fermento vai "ativar" e fica ligeiramente "esponjoso" com bolhinhas.
A seguir misturei o açúcar, o sal e sumo de laranja.






Liguei a batedeira e adicionei a farinha aos poucos. Vai começar a formar-se uma massa que é bastante elástica e que começa a desprender-se da tigela, por isso mudei para as pás em hélice da batedeira. Eu precisei de pouco mais que 2 e 1/2 canecas de farinha e não deve ultrapassar as 3 canecas, pois correm o risco de ficar muito seco quando pronto e frio.
Mais uma vez, esta é uma massa muito elástica e está pronta quando se afasta das bordas da tigela. Se pegarem nela com a mão vão ver precisamente essa elasticidade.
Tapei a massa com um pano e reservei num local quente e livre de correntes de ar. Podem colocar junto a um aquecedor, lareira, porta do forno quente,... Deixei massa levedar por cerca de 1 hora, até ela dobrar o seu volume.



Uma vez a massa bem levedada, espalhei um pouco de farinha na bancada da cozinha e no rolo da massa. Coloquei a massa em cima e estiquei com o rolo formando um retângulo. Mais uma vez, não usem demasiada farinha para evitar que a massa fique seca depois de fria. A minha tem um bocadinho a mais e foi uma sorte não ter secado.
Passei ao recheio. Derreti o óleo de coco no microondas e pincelei por toda a superfície. Espalhei o açúcar, a canela, as raspas de laranja e depois os frutos secos.
Enrolei a massa no sentido longitudinal e dividi em 10 bocados (9 se quiserem mais alto) com uma faca afiada.
 
 

Forrei uma forma pequena de 22cm de diâmetro com papel vegetal.
Coloquei os pedaços de massa na forma formando um circulo. Voltei a pôr a levedar para que cresça. Desta vez usei a porta do meu forno. Tinha estado a assar carne e aproveitei o forno quente para dar "calor" á massa. Igualmente tapada com um pano, deixei em cima da porta do forno cerca de meia hora, até os "rolos" aumentarem de volume se unirem uns aos outros.


Pus o forno a aquecer a 180ºC , retirei a massa da porta, e pus a assar por 30 a 35 minutos. Se estiver a ficar demasiado dourado por cima, podem tapar com folha de alumínio.
Entretanto fiz o caramelo conforme indiquei na lista de ingredientes. Pincelei o folar quente com o caramelo também quente.




Tão bom...







Comentários