Brownie clássico (saudável; sem açúcar, ovos nem farinha de trigo; vegan)


Pessoas como eu andam sempre á procura de fazer coisas diferentes, de inovar. Não é mau feitio, não senhor, é uma necessidade. Faz parte de mim não gostar de repetir e não consigo ser doutra maneira. Não é bem não conseguir comer a mesma mousse de chocolate todas as semanas, ou o mesmo bolo de laranja, ou o bife com ovo a cavalo, claro que sou capaz de comer todas as semanas. O que me custa é fazer essas mesmas coisas muitas vezes. Eu tenho mesmo necessidade de mudar, é uma espécie de adrenalina que me passa nas veias e me faz ficar com aquele nervoso miudinho de experimentar coisas novas; aquele sentimento de insegurança se vai ou não correr bem, ficar bem.
Bom, o problema é que cá em casa muitas vezes acabam por sentir falta dos sabores mais simples e tradicionais! O meu filho mais velho, como está fora de casa toda a semana e muitas vezes tem de comer no refeitório da faculdade ou em restaurante, sente falta da comida caseira, dos sabores simples e tradicionais.

Foi daí que surgiu esta conversa. O J. Pedro queria um brownie, mas não um brownie com "invenções", um tradicional, com a massa húmida e fofa e uma pelicula crocante em cima!
-Mamy, achas que é possível fazer um brownie básico, clássico, com os ingredientes que tu usas? Não te chateies comigo, eu já sei que não vale a pena pedir para fazer o tradicional...
- Claro filho, tu mesmo vais fazer isso.
-Ui, já me estás a dar trabalho e ainda agora fiquei de férias...
-Não dá trabalho nenhum, vais ver como é fácil e rápido. Pões um copo com 300ml de água a aquecer no microondas. Tiras o caroço a 200g de tâmaras e colocas na água quente. Acrescentas 4 colheres de sopa de manteiga, amendoim ou caju que são as que temos hoje. Já sei que vais escolher a de amendoim...nada de encher demasiado as colheres!!!! Enquanto as tâmaras amolecem, colocas na tigela 1 caneca e meia de farinha de aveia ou espelta, 4 colheres de sopa de cacau, 1 de fermento e 1 pitada de sal. Misturas bem.
-Eu sei lá o que é uma pitada de sal!
- É o que cabe entre os teus dedos polegar, indicador e médio, sem cair! Continuando...Depois ligas a varinha mágica e trituras as tâmaras com a manteiga de amendoim. Nada de pressas, tem de ficar cremoso senão tu és o 1º a reclamar! Vertes esse creme sobre a mistura dos secos, misturas tudo bem com uma colher. Vertes sobre a forma e alisas. Eu forro a forma antes com papel vegetal e ligo o forno a 180ºC para te ajudar.
Pronto, passados 20 minutos tens o teu brownie, húmido e fofo por dentro, com uma "casquinha" por fora.
-E não tenho de juntar ovos? Vais fazer bolo sem ovos?
- Sim, vamos fazer este bolo sem ovos. A mamã consumiu muitos ovos esta semana.
-E não vão fazer falta? Para mim os bolos têm de ter ovos!
-Não necessariamente. Os ovos têm diferentes funções nos bolos, consoante o tipo de bolo que estamos a fazer. Num brownie eles são apenas o elemento ligante. A manteiga vai fazer essa função.
Eles ajudam a dar leveza ás massas, mas leveza é aquilo que tu não queres, já que me pediste um brownie tradicional...
-Pensei que os ovos serviam para os bolos crescerem...
-E ajudam. Quando te digo que dão leveza estou a querer dizer que ajudam a fazer crescer. Quando batemos os ovos estamos a introduzir "ar". O ar deixa o bolo mais macio e fofinho. Para além disso a proteína da gema coagula com o calor e ajuda a "endurecer", ou seja, ajuda na formação do próprio bolo. Mas mais uma vez, tens a manteiga de amendoim a fazer essa função.
-Ok, eu sei que o brownie é baixinho, mas não cresce mesmo nada? Sem ovos vai ficar tal e qual como a massa crua?
-Não, o fermento é que tem a função de fazer os bolos crescer. Tu sabes bem isso. O fermento, uma base, vai reagir com um acido, neste caso pode ser o acido ascórbico das tâmaras, e fazer uma reação acido/ base. Ora, o que é que se liberta numa reação ácido base? Dióxido de carbono que vai querer escapar do interior da massa e obrigar o bolo a crescer.
-Ei, ó mãe, química agora não, por favor! Estou de ferias! Mais um bocadinho e fazes equações matemáticas para bolos.
- Tens razão, vamos mas é bolinho. Eu ajudo!

Depois da conversa, veio o bolo. Mais fácil que isto é impossível; mais irresitivel que isto é ainda mais improvável!
Para uma forma de 20 por 20 cm vão precisar de:
(medida da caneca que usei é de 250 ml)
  • 200g de tâmaras
  • 4 colheres de sopa de manteiga de amendoim, caju, amêndoa,... (não serve manteiga normal, apenas de frutos oleaginosos ou sementes)
  • 1 e 1/2 canecas de farinha de aveia ou espelta*
  • 4 colheres de sopa de cacau
  • 1 colheres de sopa de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
*Coloquem mais 1 e 1/2 colheres de sopa de farinha caso usem espelta.
Gelado e molho de chocolate no fim.

Confeção:
Num copo alto pusemos 300ml de água a aquecer no microondas por 2 minutos (não ferver). Juntámos as tâmaras descaroçadas, e a manteiga de amendoim. Enquanto as tâmaras amoleceram um pouco, preparámos os secos, pusemos o forno a aquecer a 180ºC e forrámos a forma com papel vegetal.
Numa tigela misturámos a farinha, o cacau, o fermento e o sal.
Triturámos com a varinha magica as tâmaras com a manteiga (a água também) até estar um creme macio.
Vertemos sobre os secos e envolvemos bem (bem misturado com uma colher).
Vertemos sobre a forma (é uma massa bastante densa), alisámos e levámos ao forno 20 minutos (espetem um palito, se sair seco, está pronto).






Servi com uma bola de gelado de banana e molho de chocolate.


Para o gelado:
2 bananas cortadas em rodelas e congeladas. Triturámos no processador de alimentos até estar num creme liso e esbranquiçado. Passámos para uma caixa, tapámos com pelicula aderente que deve estar colada ao gelado para que não haja "ar", evitando assim a formação de gelo, e guardámos no congelador até á hora de servir.




Para o molho de chocolate: A cada colher de sopa de mel corresponde 1 de cacau e outra de água. Fizemos 2 "doses", ou seja, 2 colheres de sopa de mel, 2 de cacau e 2 de água. Misturámos bem e levamos ao microondas alguns segundos (não convém ferver). Deixamos arrefecer um pouco. Se estiver muito denso, acrescentamos mais água.

Que tentação!




Comentários

  1. Nem imagina o quanto estes pequenos quadradinhos me tiram do sério! Eu sou completamente louca por brownies! É brownies e cheesecake de forno (em breve vou publicar uma receita que junta os dois). Um brownie com uma bola de gelado é de bradar aos céus! Nunca me canso de experimentar novas versões e esta vai já comigo! beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahah, eu também gosto, mas os fãs de brownie são os meus filhos, em especial o mais velho. Quanto ao cheesecake, aí já sou eu. Não sei quantos cheesecakes já fiz na vida, dos mais diversos sabores que nem me lembro, e também não me canso de experimentar. É um daqueles bolos que faço tudo para retirar calorias com o objetivo de comer uma boa fatia sem preocupações. Beijinhos, boa noite!

      Eliminar

Enviar um comentário