Bolo de noz e ananas (saudável)


(Já começo a ser repetitiva, mas cá vai) Fiz este bolinho para o fim de semana de carnaval. Havia convidados em casa, ilustres colegas do meu filho mais velho, e eu entendi fazer um bolinho mais parecido com os tradicionais para a chegada. Não queria que se fossem embora logo no primeiro dia com medo de passar fome com as coisas esquisitas que por aqui se cozinha😉😅
Pois tenho a dizer-vos que me saí muito bem! É que o bolinho, apesar de estar dentro dos trémitos habituais cá de casa, não durou mais que 1 dia! É certo que não é muito grande e eramos muitos, mas eles gostaram, comeram na sobremesa e na ceia (se é que se pode chamar ceia á refeição feita ás 4 da manhã...).




 
Não é de difícil confeção, mas também não é daqueles mais simples. O problema passa mais pela diversidade de ingredientes. Naturalmente para mim foi mais difícil, porque tive de estar a acertar receita, mas vão ver que vale a pena. Não é nada muito caro e o bolo está apto para situações de festa.
Vamos á receitinha?
Vão precisar de:
(tamanho da caneca que usei é de 250ml)
  • 2 canecas de farinha de aveia ou espelta
  • 3 colheres de sopa de amido de milho ou polvilho doce
  • 3 colheres de chá de fermento em pó
  • 1 e 1/2 colheres de chá de bicarbonato de sódio
  • 1 colher de chá de canela
  • 6 colheres de sopa de açúcar de coco ou mascavado
  • 80 gramas de noz picada grosseiramente (1 caneca mal servida)
  • 3 ovos
  • 1/2 banana
  • 150g de ananas em conserva de sumo natural e bem escorrido
  • 1/2 caneca de mel ou outro adoçante liquido que prefiram (agave ou qualquer xarope adoçante)
  • 1/2 caneca de iogurte grego natural
  • 2 colheres de chá de azeite ou óleo de coco
Cobertura:
  • 200g de queijo quark
  • 1 e 1/2 colher de sopa de mel
  • 1 colher de chá de canela
Confeção:
Forrei uma forma pequena de 22cm de diâmetro com papel vegetal e untei. Pus o forno a aquecer a 180ºC.
Numa tigela misturei bem todos os ingredientes secos (7 primeiros da lista). É importante, neste e em qualquer bolo, ficar bem misturado, sem grumos, como se fosse peneirado.
No processador de alimentos (ou num copo alto com a varinha mágica), coloquei todos os restantes ingredientes, com especial atenção para o ananas que deve estar bem escorrido. Triturei até ter um creme.
Verti metade desse creme sobre os secos e bati bem com uma colher de pau. Verti a outra metade e apenas envolvi.

Verti sobre a forma e levei a cozer por cerca de 1 hora (espetem o palito 5 a 10 minutos antes para ver como está; quando o palito sair seco, limpo, está pronto).
Deixei arrefecer antes de desformar.

Para a cobertura, misturei queijo quark com mel e canela. Espalhei quando o bolo estava completamente frio.
Para a decoração usei noz picada grosseiramente e ananas desidratado no microondas. Cortei fatias fininhas de ananas e coloquei no prato do microondas. Levei 20 minutos na posição de descongelar. Parei aos 10 minutos para ver como estava e depois aos 5 minutos.



Tão bom...



Comentários