Tarte de noz (saudável; sem açúcar, farinha, manteiga nem leite condensado; base feita com aveia e banana)

Se há tarte que eu adoro, a de noz é com certeza uma delas. A par da de amêndoa, que presumo todos concordam que é das mais deliciosas, a de noz é maravilhosa!
A realidade é que não como uma tarte de amêndoa ou noz tradicional á imenso tempo. Com muita pena minha, pois a minha mãe fazia uma que era dos Deuses...
O que tentei fazer com esta receita, e também já fiz com a de amêndoa que podem ver carregando aqui, foi precisamente recriar a receita da minha mãe com ingredientes mais saudáveis.
Não me limitei a fazer substituições, também arrojei na base e fiz com banana.
Ficou absolutamente fantástica, aprovadíssima pela minha exigente família e até o meu filho mais velho, o J. Pedro, o que menos alinha nestas coisas de alterar receitas tradicionais, me disse: "Mamã, desta vez não te saíste nada mal!"

A execução é facílima, não é necessário ir ao lume, podem fazer no vosso processador de alimentos ou com a varinha mágica. A base pode ser feita amassando os ingredientes como se estivessem a fazer bolachas de aveia e banana.





Vão precisar de:
(medida da caneca é de 250 ml)
Base
  • 2 e 1/2 canecas de flocos de aveia
  • 1 banana grande ou 2 pequenas
  • 1 colher de sobremesa de canela
  • cerca de 50g de miolo de noz (é opcional)
Recheio
  • 200g de tâmaras amolecidas em 100ml de água quente
  • 4 colheres de sopa de amido de milho (maizena) ou polvilho doce
  • 1 pitada de sal
  • 300ml de leite (o que quiserem)
  • 150 a 200g de miolo de noz
Confeção:
Comecei por fazer a base triturando a noz no processador de alimentos até estar numa meia farinha. Juntei os flocos de aveia e voltei a triturar. Quem não tiver processador pode fazer com eles inteiros. Quando os flocos já estavam em farinha, juntei a banana. Triturei até ter uma massa que se agarra ás paredes do processador e faz uma bola gigante. Se estiver muito mole, o que depende do tamanho e amadurecimento da banana, é só juntar mais um pouco de aveia.
Quem não tiver processador de alimentos, esmaga a banana com um garfo ou com a varinha mágica e mistura os flocos de aveia, não todos duma vez pois pode não ser necessário esta quantidade toda.
Forrei uma forma de fundo amovível com papel vegetal e pressionei a massa sobre o fundo e as bordas de forma a fazer uma base. Reservei uma parte desta massa para fazer as estrelas da decoração.



Pus o forno a aquecer a 180ºC.
Para o recheio, coloquei as tâmaras a amolecer em água quente durante o tempo que estive a fazer a base. Triturei-as com a varinha mágica e juntei os restantes ingredientes, á exceção das nozes. Verti esta mistura sobre a base. Piquei as nozes grosseiramente, reservando algumas mais inteiras para a decoração, e espalhei sobre o recheio. Elas vão enterrar ligeiramente mas no forno voltam a "subir".
Levei ao forno por cerca de 40 minutos. Convém espetar o palito para ver se está cozida.





 

Para as estrelas da decoração, estendi a massa que reservei, dei o formato de estrela e levei ao forno 5 minutos. Pincelei-as com mel para brilharem.



Saudáveis tentações!




Comentários