Tarte "Banoffee" (versão saudável; sem açúcar, leite condensado, natas nem bolacha)


Um clássico da culinária inglesa contemporânea, esta tarte é absolutamente fabulosa, seja para sobremesa ou para acompanhar um chá ou café a meio da tarde, ou ainda para um "brunch".
Tradicionalmente feita com uma base de bolacha tipo maria, um primeiro recheio de leite condensado seguido de banana e uma cobertura de natas batidas em chantilly polvilhado com café ou chocolate, eu não fiz nada disto!!!!!
Pois, mas não pensem que não tem nada a ver com a original, porque todo o sabor está lá e de que maneira....
Desculpem a minha falta de modéstia, mas foi das minhas melhores criações no que diz respeito a aproximação a receitas originais.
Experimentem e depois digam se não é verdade.


Para uma forma de 22cm de diâmetro* vão precisar de:
Base*
  • 1 caneca de miolo de noz ( ou outro fruto seco oleaginoso que prefiram)
  • 1 e 1/2 caneca de flocos de aveia
  • 2 colheres de sopa de puré de tâmara (retirado do que fiz para o recheio)
Recheios
  • 200g de tâmaras secas descaroçadas
  • 160 a 180 ml de café instantâneo (ou tipo bica)
  • 2 bananas grandes ou 3 pequenas
Cobertura
  • 1 lata de 400ml de leite de coco sólido** (deve estar no frigorifico á pelo menos 1 dia)
  • 2 bananas
Decoração:
  • Banana e raspas de chocolate
* Para fazer numa forma maior só é necessário fazer mais base, os ingredientes dos recheios são suficientes. Façam apenas mais 50% da base. O mesmo para se quiserem fazer a base a cobrir todo o recheio. Se for para servir em dia de festa, que está mais tempo na mesa, aconselho mesmo a fazerem mais base.
**É costume perguntarem-me que leite de coco uso. Aconselho, para esta e para outras receitas, o leite de coco da marca minipreço. Já comprei das mais variadíssimas marcas que há no mercado português e não confio noutro senão neste. Umas o leite não chega a solidificar por excesso de água, outras ficamos apenas com metade da lata de produto, pois todo o resto é agua, o que quer dizer que em vez de uma lata temos de usar duas. Este é o único que coloco no frigorifico confiante e descansada que no dia seguinte tenho o produto que preciso nas devidas condições e na quantidade que preciso.
Confeção:
Aqueci água no microondas para fazer o café (usei instantâneo). Descarocei as tâmaras e coloquei num copo alto a demolhar no café que fiz por 10 minutos. Triturei com a varinha mágica até estar cremoso.

Fui fazer a base. Coloquei o miolo de noz no processador de alimentos e triturei até estar numa farinha fina. Acrescentei os flocos de aveia e 2 colheres de sopa do puré de tâmaras que tinha feito. Triturei até fazer uma bola no processador (se for necessário acrescentem mais meia colher de puré de tâmaras).




Forrei a forma com papel vegetal e pressionei a massa sobre o fundo e os lados (ver a nota *).
Espalhei o restante creme de tâmara e café sobre a base e cobri com banana cortada ás rodelas (usem e abusem da banana).



Para a cobertura, retirei a parte sólida da lata de leite de coco e bati com a batedeira elétrica até estar em ponto de chantilly. Triturei as bananas com a varinha mágica e misturei este creme de banana no leite de coco batido. Verti sobre as bananas.
Levei ao frigorifico durante a noite (2 horas é suficiente).




Decorei com banana e rapas de chocolate.
Nota: Esta tarte não deve ser feita com mais de um dia de antecedência pois vai começar a oxidar a banana. As fotos que vão ver é de um dia depois de feita. Tive uma fatia 3 dias no frigorifico. Ainda estava boa mas a cor já estava ligeiramente alterada.



 Tão bom, tão fácil...





Comentários

  1. Quando diz que é uma caneca, sabe-me dizer mais ou menos a quantas gramas corresponde?

    ResponderEliminar

Enviar um comentário