Pão de ló cremoso com chocolate e noz (saudável; sem açúcar nem farinha de trigo)



Estendam a passadeira vermelha e preparem-se porque o momento pede cerimónia!
Este bolo, inspirado no tradicional pão de ló de Ovar, é das sobremesas mais extraordinárias que já fiz! Um pão de ló cremoso, sem açúcar refinado nem farinha de trigo, com chocolate e noz no fundo, é a tentação das tentações, vai merecer um lugar de destaque e os holofotes dirigidos a ele na mesa de natal!
Eu estou completamente embevecida com o meu bolo e não é para menos! É absolutamente fabuloso!
Não, a receita não é minha e não estou a falar do pão de ló de Ovar. Vi no meu instagram pessoal um bolo de ovos cremoso com uma base de tarte de chocolate e noz e pensei: "porque não fazer no nosso pão de ló cremoso?" E pronto, mal pensei já estava a fazer.
A primeira vez quase nem lhe consegui sentir o sabor....Ficou fantástico mas, como tinha um casal amigo a jantar em casa, comeu-se todo no mesmo dia. É certo que também não é um bolo muito grande, mas também é verdade que é muito difícil de resistir...

As fotos da primeira experiência não ficaram muito boas e até nem é costume tirar fotos quando há convidados em casa. Como eram amigos de casa, tirei, mas ainda quente, pois foi assim que o quis servir. O que me aconteceu é que o "molho" escorreu muito e não deixou que se visse a parte de baixo do bolo. Esta é a primeira dica para quem vai fazer. A segunda é com o tempo de forno. Da segunda tentativa deixei mais 1 minuto e não abri o forno nenhuma vez. Faz toda a diferença, assim como o forno estar á temperatura certa quando colocamos o bolo!!




















Há mais uma dica muito importante para o vosso bolo funcionar e ficar no ponto certo e tem que ver com a farinha. Quando fazemos um bolo sem farinha de trigo própria para o efeito, como é o caso deste, temos que a fazer. Para fazer farinha de bolo com farinha de aveia, é necessário juntar amido de milho á farinha de aveia, mistura-la bem e peneira-la. As quantidades vão variando de bolo para bolo e eu aqui dou-vos a mistura que têm de fazer para este. É mesmo muito importante peneirar a farinha, pois só assim é que ela fica igualmente distribuída pela massa.

Vão precisar de:
  • 6 gemas e 4 ovos inteiros á temperatura ambiente
  • 2 colheres de sopa rasas adoçante em pó*
  • 6 colheres de sopa de mel ou geleia de agave ( o mel é melhor)
  • 3 colheres de sopa de vinho do Porto ou outro licoroso que gostem
  • 7 colheres de sopa de farinha de aveia
  • 2 colheres de sopa de amido de milho (maizena) ou polvilho doce
  • 100g de chocolate preto
  • 2 mãos cheias de miolo de noz (60 a 80g)

* se não tiverem adoçante podem usar açúcar fino ou então triturar no processador de alimentos açúcar mascavado ou açúcar de coco.
Confeção:
Untei e forrei com papel vegetal uma forma de 22cm de diâmetro de fundo amovível.
Pus ao lume um tachinho com o mel e o vinho do Porto. Lume baixinho para apenas ir aquecendo enquanto bati os ovos.

Coloquei numa tigela os ovos, as gemas e o adoçante. Bati com a batedeira na potencia máxima durante cerca de 5 minutos. Vai crescer muito, conforme podem ver nas fotos. Vão obter um creme macio e leve, um pouco esponjoso. Desliguei a batedeira.












Liguei o forno a 180ºC.
Entretanto o mel que está ao lume já estava quente e subi um bocadinho o lume para ferver durante 2 minutos.
Voltei a ligar a batedeira em potencia média-alta e verti a mistura de mel quente, em fio, sobre os ovos. Continuei sempre a bater por mais 3 minutos. Quando pararem e desligarem a batedeira vão ver uma espécie de fios agarrados ás pás da batedeira que é normal e não é mais que alguns fios de ovos que "cozeram" com a mistura de mel.
Num passador grande coloquei as duas farinhas (aveia e amido de milho) misturadas e peneirei-as sobre o bolo. Se quiserem fazer á parte é ainda melhor, mas, como disse em cima nas dicas, é essencial peneirar as farinhas juntas. Envolvi bem na mistura de ovos. Como ficou com alguns grumos, voltei a ligar a batedeira em potencia mínima para ter a certeza que estava mesmo bem misturada e sem grumos.












Piquei o chocolate (se puderem fazer mais pequeno do que o que está na foto é ainda melhor) e as nozes e juntei á massa de ovos.
Verti esta massa sobre a forma (as nozes e chocolate vão afundar e fazer uma espécie de base) e levei ao forno por 17 minutos (tempo máximo é de 19 minutos). É importante o forno estar á temperatura certa quando colocam lá o bolo e também não convém abrir durante a assadura.

Retirei e deixei arrefecer antes de retirar a mola. O bolo vai abanar ao toque, sinal que está cremoso. Ele vai baixar á medida que vai arrefecendo como qualquer pão de ló ou bolo cremoso.
Está pronto a servir, quente ou frio e até dois dias depois ainda está com a mesma consistência.


Irresistível!!!!






Comentários