Bolachas de aveia (saudáveis e nutritivas; sem açúcar, manteiga nem ovos)


Simples, mesmo muito simples, e sem fugir ao conceito de bolachas que considero o ideal para mim, com muita fibras e proteína, vindas quer das tâmaras quer da aveia, hoje fiz as minhas bolachas um pouco diferentes do que é habitual: em vez de flocos de aveia, fiz com farinha de aveia.
O aspeto é mais atrativo (não que eu precise...), mais "bolacha" e menos bolinho, embora o sabor seja exatamente o mesmo.
Já foi á algum tempo que eu partilhei aqui no blogue como faço as minhas bolachas de aveia, e são mesmo as minhas, vistos ser uma receita muito simples e prática, pois não gosto de perder muito tempo a fazer o que quer que seja só para mim. Fica aqui a receita e uma foto:
Bolachas-de-aveia-e-tamaras-saudaveis-e nutritivas, só com 2 ingredientes.


Se a receita anterior tem apenas 2 ingredientes, a que vos deixo hoje tem mais e ainda podem acrescentar ás vossa bolachas o que mais gostarem. Eu hoje fiz com pepitas de chocolate, mas fica lindamente com passas, e ainda podem colocar uma colherinha de chocolate amolecido ou manteiga de amendoim no meio que irá derreter mas depois voltar a endurecer.

Vão precisar de: (rende 14; medida da caneca é de 250ml)
  • 16 a 18 tâmaras secas descaroçadas
  • 100 ml de leite (o que preferirem)
  • 1 e 1/4 de caneca de farinha de aveia*
  • 3 colheres de sopa de polvilho doce ou amido de milho (maizena) ou ainda araruta
  • 1 colher de sopa de canela em pó
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 2 mãos cheias de pepitas de chocolate
* Usei farinha de aveia integral. Se quiserem podem acrescentar 2 a 3 colheres de sopa de farelo (trigo ou aveia) para tornar as bolachas mais integrais, logo com mais fibras.
Confeção:
Pus o leite num copo alto a aquecer no microondas. Descarocei as tâmaras e coloquei no leite quente. Reservei uns minutos enquanto misturei os ingredientes secos numa tigela, forrei o tabuleiro do forno com papel vegetal e pus o forno a aquecer a 180ºC.

Com a varinha mágica, triturei as tâmaras no leite até estar num creme macio. Verti sobre a mistura de secos e envolvi bem. Acrescentei as pepitas de chocolate e voltei a envolver. Fiquei com uma massa compacta mas difícil de trabalhar nas mãos, por isso fui acrescentando mais um pouco de farinha até ela estar numa bola maleável mas não muito seca (não vamos querer as bolachas com excesso de farinha).




Fiz bolas de massa com as minhas mãos e coloquei no papel vegetal. Caso esteja difícil (as minhas não estavam), basta humedecer as mãos em água. Com os meus dedos juntos, pressionei para achatar e dar o formato de bolacha.
Levei ao forno 15 minutos.





Irresistíveis!



Comentários