Tarte de limão (vegan, sem açúcar nem nenhum tipo de gordura)


Absolutamente incrível é que vos posso dizer desta tarte de limão. Um sabor intenso a limão mas nada de acidez, apesar de não ter açúcar...

Encontrei a receita num site vegano e achei que tinha tudo para dar certo, ou melhor, tinha tudo para ficar perfeita. Não gostei muito da base que usaram e fiz outra completamente diferente. O recheio adaptei a uma única lata de leite coco, isto porque não me parece bem apresentar uma receita em que as pessoas terão de comprar 2 latas e usar 25% duma delas. Eu consumo imenso leite de coco, mas sei que não acontece com todos.
Para uma forma pequena de 22 cm de diâmetro, vão precisar de:
Base
(medida das canecas que usei é de 250ml)
  • 8 a 10 tâmaras descaroçadas (não hidratei mas podem faze-lo)
  • 1 caneca de coco ralado
  • 1/2 caneca de amêndoas (pode ser nozes)
Recheio
  • 200ml de sumo de limão (cerca de 3 limões)
  • raspa de 1 limões
  • 4 colheres de sopa de amido de milho (maizena) ou polvilho doce ou araruta
  • 400ml de leite de coco sólido (devem ter a lata no frigorifico para que a parte sólida esteja separada da liquida)
  • 1/2 caneca de adoçante ou xarope de agave ou açúcar mascavado ou mel para uma versão não vegan
Dica para abrir as latas de leite de coco:
Para que a parte sólida das latas de coco esteja separada da liquida, as latas de coco devem estar no frigorifico pelo menos uma noite, mas é sempre melhor 1 dia.
Para fazer a separação de forma fácil e despreocupada, ou seja, não ter de estar preocupada com o chegar da colher ao fundo da lata quando a estou a usar, eu viro a lata ao contrário e abro com uma abre latas tradicional. Verto o liquido que estaria no fundo mas passou a estar ao de cima e uso o leite de coco sem problemas. Reservo sempre esse liquido para os molhos de chocolate.

Confeção:
Comecei por fazer a base. Não hidratei as tâmaras por falta de tempo e também porque não estavam muito secas. Pus diretamente no processador de alimentos e triturei com 2 colheres de sopa de água (30ml). Quando já estava numa espécie de pasta grossa, embora com muitos pedaços de tâmara visíveis, acrescentei o coco. Triturei até estar uma "farofa" uniforme e a começar de agarrar ás paredes do processador.

 Retirei e triturei as amêndoas até estar numa farinha fina. Voltei a colocar o preparado de coco e tâmara no processador, e triturei bem até estar começar a agarrar ás paredes do processador e fazer "bola".
 Forrei uma forma de 20cm de diâmetro com papel vegetal e fiz a base da tarte com o preparado anterior, cobrindo a base e aconchegando aos lados da tarteira. Reservei no frigorifico enquanto preparei o recheio.
 Retirei a raspa a 2 limões. Tirei-lhes o sumo e a mais um até ter 200ml. Coloquei o sumo num tachinho e misturei o amido de milho (maizena) até se dissolver. Levei ao lume, brando e mexendo sempre, até começar a borbulhar.

 Acrescentei as raspas de limão, o leite de coco e o adoçante (eu optei por 1/4 de caneca de adoçante em pó e 1/4 de mel). Mexi bem e deixei no lume (brando) mexendo de vez em quando para não agarrar ao fundo nem encaroçar.


Deixei que fervesse por uns 5 minutos (ou até estar um creme idêntico a uma maionese). Deixei arrefecer um pouco.
Verti por cima da base e levei ao frigorifico por 4 horas.
 Decorei com gomos de limão, raspas e folha de hortelã.


 Uma tentação saudável...



Comentários