"Smoothie" (batido) de morango, courgette e sementes de chia


Eu gosto muito de cozinhar, de fazer sobremesas, de inventar em tudo e mais alguma coisa na cozinha, mas não sou muito dada a fazer smoothie ou sumos de fruta. Não me perguntem o porquê, talvez seja porque acho a fruta mal empregue assim toda desfeita. E ainda acho que rende pouco porque fico cheia de fome depois de beber um batido de fruta e o mesmo não acontece se a comer inteira...
Mas não foi o caso deste smoothie que a minha querida filha Camila fez. No fim estava satisfeita! É certo que o comi por cima de papas de aveia, mas era apenas uma pequena parte da tigela que tinha papas de aveia.
Esta é outra parte interessante neste smoothie. É que fica lindamente em formato parfait, ou seja, intercalado com por exemplo, overnight oats (aveia adormecida) ou pudim de chia.

Importantíssimo são mesmo as calorias deste batido. Não consigo calcular com exatidão porque não pesei o que usamos, mas atendendo a que a courgette tem 16 calorias por 100g, os morangos têm 33 por 100g, o queijo quark tem 52 pelas mesmas 100g, falta o mel que tem 304 e as sementes de chia que têm 486 por 100g. É obvio que usamos muito menos que 100g destes dois últimos ingredientes, o que resultou num batido muito nutritivo mas pouco calórico.
Vão precisar de:
  • 1 e 1/2 caneca de courgette partida em cubinhos e congelada (vai depender do tamanho da courgette; nós cortamos em cubos pequenos e preenchemos 1 e 1/2 canecas, depois passamos para um saco e guardamos no congelador da noite para o dia seguinte)
  • 1 e 1/2 caneca de morangos partidos e congelados (o procedimento foi o mesmo da courgette, lavamos, cortamos, preenchemos 1 e 1/2 caneca e congelamos)
  • 2 colheres de sopa de sementes de chia
  • 3 colheres de sopa bem cheias de queijo quark ou iogurte grego natural
  • 3 colheres de sopa de mel
  • leite para obter a consistência que queríamos (só precisamos de 1/4 de caneca)

Colocamos tudo no processador de alimentos. Trituramos até estar na consistência de creme parando para desagarrar o que fica nas paredes do processador. Precisamos de colocar um pouco de leite para chegar á consistência que queríamos.
Cada um decorou o seu a gosto: morangos partidos, sementes de chia, amêndoa laminada, sementes de abobora, raspas de chocolate.
Como já disse em cima, o meu estava por cima de um pouco de papas de aveia em formato parfait na tigela.



 Tão bom...


Comentários