Tarte de Amêndoa (saudável, sem açúcar, manteiga nem farinha de trigo)


Já há algum tempo que andava a "magicar" como fazer esta tarte sem me perder...É que uma fatia de tarte de amêndoa consegue estragar um mês de dieta...assim, num instantinho...Ainda estamos a tomar-lhe o gosto e já lá vai meio mês de sacrifico pelos ares...
Não pode ser e eu tinha de dar uma solução a isto!
As imagens que se seguem podem impressionar os mais sensíveis....

A base desta tarte foi inspirada numa receita de panquecas. A cobertura é resultado de já muitas vezes ter utilizado as tâmaras em bolos e sobremesas para substituir açúcar e a mistura de açúcar com manteiga com bons resultados, e esta seria a "prova dos nove"...fazer uma espécie de caramelo de tâmaras.
Se sabe ao mesmo? Não! Não pode saber ao mesmo se vamos utilizar ingredientes tão diferentes, mas eu e a minha família adoramos, está muito perto da original e à segunda garfada já não nos lembrávamos que estávamos a comer uma "outra" tarte de amêndoa.
Vão precisar de:
Base:
  • 100g de farinha de aveia ou flocos triturados até estarem em farinha (fiz com flocos)
  • 2 ovos
  • 1 iogurte natural
  • 2 colheres de sopa de mel ou agave ou xaropes/ geleias adoçantes 
Cobertura:
  • 200g de tâmaras
  • 150 g de amêndoa laminada (podem por menos se não gostarem de ter muita amêndoa)
  • 2 colheres de sopa de leite

  1. Pus o forno a aquecer a 180ºC.
  2. Forrei uma forma de tarte pequena com papel vegetal (não untei)
  3. Bati os ovos com a batedeira até terem uma cor clara. Juntei o iogurte e o mel e continuei a bater.
  4. Adicionei a farinha e envolvi bem, agora já sem batedeira. Verti para a forma e levei ao forno 15 minutos (espetar o palito para ver se está cozida; não precisa de estar dourada, até porque vai ser coberta e vai voltar para o forno).
  5. Enquanto a base esteve no forno, fiz a cobertura. Tirei o caroço ás tâmaras e pus num copo alto com 1 copo de água quente (mais ou menos 200ml). Triturei bem até estar um creme. Verti para um tachinho e pus ao lume. Juntei o leite e misturei. Juntei a amêndoa, mexi e mantive no lume, mexendo, até começar a borbulhar. Não é preciso estar muito tempo ao lume. Ao contrário da receita tradicional, aqui não é preciso chegar a "ponto de creme" porque já está, é apenas para "cozer" ligeiramente a amêndoa.
  6. Retirei a base do forno e aumentei a temperatura para 220ºC.
  7. Cobri a base com a mistura de amêndoa e levei ao forno a dourar.
  8. Deixei arrefecer antes de desformar.









Uma delicia saudável!